NOTÍCIAS

29/01

Qual é a função do contador?

Qual é a função do contador?

 

 

Podemos definir contabilidade como a ciência que estuda as variações quantitativas e qualitativas do patrimônio das empresas.

Em outras palavras, é a contabilidade que acompanha todas as movimentações financeiras, além de ser responsável pela escrituração (registros em livros contábeis) e apuração de resultados, permitindo assim que seja avaliado se houve lucro ou prejuízo.

De acordo com a legislação federal, toda sociedade empresarial, seja de fins lucrativos ou não, deve ter sua contabilidade feita e assinada por um contador com registro no CRC. Essa regra não é válida para Micro Empresas Individuais (MEI).

 

 

Qual a importância do contador?

 

Em um passado recente, o contador tinha uma função bem burocrática para as empresas, se responsabilizando pela prestação de contas e mantendo tudo em conformidade com as leis para evitar problemas com a fiscalização.

Atualmente, esse profissional consegue assumir uma posição mais estratégica. As informações sobre recursos financeiros e patrimoniais do negócio são de extrema importância para a tomada de decisões. Com isso, o contador consegue atuar como braço direito do empresário, auxiliando a escolher o melhor caminho para o crescimento da empresa.

Além disso, fica sob responsabilidade do contador o pagamento em dia dos impostos e a manutenção dos registros. Esse profissional está sempre a par das mudanças constantes na legislação e consegue manter as documentações de acordo com essas alterações. Dentre algumas, podemos citar o uso do eSocial e mudanças nas alíquotas de imposto, por exemplo.

 

 

Qual a função do contador?

 

Esse profissional pode atuar de diversas maneiras, geralmente atendendo diversas organizações. Podemos destacar:

 

gestão de empresas;

auditoria contábil;

controladoria;

atuária;

perícia contábil.

 

 

1. Gestão de empresas

A legislação brasileira prevê uma série de obrigações para o funcionamento de uma empresa. O contador tem um profundo conhecimento dessas regras, cuidando das mais diversas etapas envolvidas na administração corporativa.

Para a abertura, esse profissional faz o registro junto aos órgãos competentes e obtém o alvará de funcionamento. Depois disso, ele pode cuidar dos trâmites que envolvem a contratação de funcionários, desde a prestação de contas ao eSocial até o cálculo da folha de pagamento e demais direitos como férias, 13º salário e FGTS.

Durante o exercício da empresa, o contador se responsabiliza pelos registros das movimentações financeiras e pela análise da viabilidade econômica de projetos, além do cálculo dos impostos a serem pagos.

 

 

2. Auditoria contábil

Um contador que atua na área de auditoria contábil se responsabiliza pela exatidão das funções prestadas, examinando documentos e livros de registro. O principal objetivo desse profissional é combater fraudes na prestação de contas com a Receita Federal, examinando a conformidade e o compliance das organizações.

O auditor pode atuar também de maneira preventiva. Por meio de uma análise detalhada, ele consegue identificar qualquer irregularidade e orientar a organização sobre as correções, evitando problemas maiores com a fiscalização como a cobrança de multas ou até mesmo processos judiciais.

 

 

3. Controladoria

O contador que exerce um trabalho ligado à controladoria auxilia os gestores nos processos de decisão, por meio do controle fiscal e financeiro da empresa. Dentro desse âmbito, o profissional checa o planejamento estratégico da corporação e define quais padrões de controle serão aplicados dentro dos processos para o alcance dos objetivos.

A segunda fase do trabalho de controladoria consiste na comparação dos padrões e dos resultados obtidos. Se forem detectados problemas, o contador pode propor soluções e alternativas.

 

 

4. Atuária

Conhecida como ciência atuária, é o ramo da contabilidade que cuida diretamente da parte de seguros e previdência. Dentro desse âmbito, o contador vai realizar o cálculo das premiações e indenizações, produz relatórios de avaliação e alcance da previdência além de pesquisar e gerenciar fundos de investimento.

 

 

5. Perícia Contábil

O perito contábil é responsável pela verificação de fatos, para que possa oferecer uma opinião técnica capaz de solucionar casos judiciais e extrajudiciais. Fica sob responsabilidade do contador a elaboração de um laudo pericial que reúna as provas necessárias para a solução de um caso.

Trata-se de um profissional indispensável para empresas que enfrentam processos e precisam comprovar a sua conformidade.

 

 

Dicas para a carreira de contador

 

Se você está pensando em assumir uma carreira em contabilidade, o primeiro passo é procurar uma boa universidade que possa oferecer toda a orientação necessária. Busque por cursos complementares que vão fornecer uma visão muito mais ampla da profissão e enriquecer a sua atuação.

Aproveite para cuidar muito bem do seu networking e do seu marketing pessoal. Afinal, a contabilidade é uma profissão que lida intimamente com responsabilidade e confiança. Quanto mais clientes aprovarem o seu trabalho, maior a probabilidade de indicações e de mais trabalho.

Destaque sempre para as empresas a importância da sua profissão. Trata-se de um trabalho preventivo e que não deve ser encarado como custo para as empresas.

Apesar das micro e pequenas empresas dispensarem a necessidade do trabalho de um contador, podem surgir dúvidas. Especialize-se também nas legislações para esses dois regimes de empreendimento e ofereça consultorias.

Quando você deixa claro qual a função do contador e porque ele é imprescindível para a empresa, provavelmente vai conseguir ainda mais clientes e se desenvolver como profissional ou organização.

Fonte: E-auditoria
Voltar